Por EdinhoMalvadeza


.

É chegada a hora, a reta final do Brasileirão. Três clubes seguem na briga pelo título, e uma dessas torcidas vai encher o peito e soltar o grito da garganta. Ok, a coisa não é tão simples assim. Muitos torcedores não sabem cantar o hino completo do seu time de coração. Culpa da linguagem utilizada pelos compositores? Sinceramente não sei. Mas olhando de perto, ninguém é normal. Então, resolvi dar uma olhadinha em algumas frases de hinos daqueles clubes que já foram campeões brasileiros. Antes que alguém me atire uma pedra, relembro que meu time está aí no meio, e, além disso, se você não gostar da tua frase, tem mais 15 pra você avacalhar. Sugestão: se não tiver saco de ler todos, vai direto ao rival do teu time.

.


Atlético Mineiro – “Nós somos campeões do gelo (oi?), o nosso clube é imortal”. Esse aí teve problemas em Geografia, pois MG não é um lugar que neva muito. Parece que esse lance de “campeões do gelo” botou o galo no freezer. Ganhou em 1971 e congelou de vez.

Palmeiras – “Sabe bem o que vem pela frente, que a dureza do prélio não tarda”. Tá, podem assumir. Eu também não sabia o que era “prélio”. De qualquer forma, se a dureza do prélio tardar, procure o Boston Medical Group.

Vasco da Gama – “Tua estrela, na terra a brilhar, Ilumina o mar”. Perae, portuga. Perdi aí no meio… A estrela está na terra brilhando e iluminando o mar? Essa porra é um farol, amigo!

São Paulo – “Tu és forte, tu és grande”. Essa é fácil. Com uma única frase tudo faz sentido. Já deu pra entender o motivo da aficção da torcida, né?

.

Guarani – “Avante, avante meu bugre, com fibra e destemor”. Olha, bugre de fibra a última vez que vi foi nas dunas de Genipabu, Natal. E pra ser bem sincero ele precisava mesmo de uma torcida gritando avante pra andar pelo menos um pouquinho

Flamengo – “O mais cotado nos fla-flus é o ‘ai, jesus!'”. O mais cotado nos fla-flus? Tem DOIS times jogando, sendo que um é o Fluminense, grandes merdas ser o mais cotado. Ainda usam uma expressão portuguesa para justificar tudo: “Ai Jesus…”

Grêmio – “Lara, o craque imortal, soube seu nome elevar”. Porra, gauchada. Vocês pedem, né não? Não tinha um craque com um nome de homem, sei lá, Marcelo, Pedro, João, mas LARA? Sem comentários.

Fluminense – “Vence o fluminense, com o verde da esperança, pois quem espera sempre alcança.” Esse aí até parece mais honesto. É uma torcida que espera bastante pra ganhar algo (deve, inclusive, ao Brasil, um título da segunda divisão). Estão esperando 26 anos com muita esperança pra ganhar outro brasileiro. Será que dessa vez vai?

Coritiba – “Lá no alto de tantas glórias Brilhou, Brilhou um novo sol Clareando com seus raios verde e branco”. Sério, essa pessoa usou drogas junto com o Nando Reis e a Cássia Eller. Isso é quase o segundo sol, mas imagina o sol emanando raios verdes e brancos. Sem sentido algum.

Sport – “Mostrando à gente que o Sport é tudo Que a vida tem de belo a oferecer”. Se o Sport é TUDO que a vida tem de belo a oferecer, esse “Belo” deveria vir com letra maiúscula.

Bahia – Não consegui nada de especial no hino do Bahia. Deve ser porque como bom baiano, tem a criatividade das bandas de axé e a tradicional preguiça, pois o hino tem 14 versos apenas, sendo que desses 14, dois são “Bahia, Bahia, Bahia” e outros dois são “Mais um, mais um Bahia”.

.

Internacional – “Colorado de ases celeiro, Teus astros cintilam num céu sempre azul”. Ases colorados só existem dois: o de Copas e o de Ouros. E o pior de tudo é saber que muitos ali preferem Paus e Espadas.

Santos – “Jogue o que jogar, És o leão do mar”. Outro hino com poucos versos, apenas 10. Deve ser homenagem ao Pelé. Só não entendi a comparação do time com o Leôncio.

Corinthians – “Salve o Corinthians”. É isso mesmo, o time já começa pedindo ajuda. Agora entendi porque a molecada que torce pra eles diz: aí tio, pode dar uma ajuda?

Botafogo – “E hás de ser nosso imenso prazer”. Sinceramente, se o cara acredita que o Botafogo será seu imenso prazer, ele não tem visto os últimos 15 anos de futebol.

Atlético Paranaense – “À tradição que não tem jaça, nos legou o sangue forte”. Se o time tivesse Jaça, a cor seria acaju 14, uma vez que a única coisa que arrumaram para rimar com raça no verso seguinte foi o nome do cabeleireiro do Silvio Santos.

.

.

.

.
.

Divulgue este Post no Twitter


.

.Envie por Email!Divulgue este Post no Facebook..Promova este post no Orkut!..Coloque este Post no Tumblr!..Divulgue este Post no Google!….Divulgue este Post no Digg!Divulgue este Post no BlogBlogs!Divulgue este Post no Del.ilcio.us!. Divulgue este Post no Live Favorites do MSN!….Divulgue este Post no Reddit!…. .... ….