Médicos britânicos dizem ter salvado a vida de um homem usando um tratamento pouco convencional: injeção de álcool nas artérias que irrigam o coração.

Após sofrer um ataque cardíaco, um homem de 77 anos tinha desenvolvido taquicardia ventricular – uma elevação na frequência dos batimentos cardíacos que pode ser fatal se não tratada.

Os médicos haviam tentado resolver o problema usando procedimentos convencionais, mas sem sucesso. Eles decidiram, então, apelar para uma técnica usada pouquíssimas vezes na Grã-Bretanha. O método emprega álcool puro para produzir um ataque cardíaco controlado, que, por sua vez, provoca a morte de uma região do músculo do coração, permitindo que o coração volte a bater no ritmo normal.

O médico explicou que a equipe não tinha outra opção e que o paciente teria morrido se a taquicardia não fosse resolvida.

Fonte